Christine Fernandes

Voltar

Biografia

Nascida na cidade de Chicago, nos Estados Unidos, a atriz Christine Fernandes acumula, na extensa carreira, papeis em importantes produções da teledramaturgia brasileira, como “Viver a Vida”, de Manoel Carlos, e “A Favorita”, de João Emanuel Carneiro.

Antes de se tornar atriz, porém, Christine foi uma jovem promessa do voleibol feminino, mas, aos 19 anos, optou por seguir a carreira de modelo, desfilando no Brasil e no exterior. Ao mesmo tempo em que exercia a atividade como modelo, fez aulas de interpretação na renomada escola de teatro de Maria Clara Machado, “O Tablado”, e na de Eric Nielsen e Gustavo Ariani, “Casa das Artes de Laranjeiras”.Foi justamente no teatro, inclusive, que a atriz realizou um de seus maiores sonhos ao produzir e interpretar a personagem-título na peça “Hedda Glaber”, obra do norueguês Henrik Ibsen. A primeira oportunidade de Christine na televisão veio das mãos do romancista Manoel Carlos, em “História de Amor”. Além das novelas da Rede Globo, ela também foi protagonista em “Perdidos de Amor”, da Bandeirantes. Na Record, fez “Essas Mulheres” e “O Rico e o Lázaro”.

Com passagem também pelo cinema, a atriz protagonizou, ao lado de Leandro Hassum e Marcius Melhem, o filme “Os Caras de Pau”, sucesso nacional que ultrapassou a marca de 1 milhão de espectadores apenas em sua segunda semana de estreia, e atuou, também, em “De Pernas Para o Ar 2”, que levou mais de 4 milhões de espectadores aos cinemas. Com um conteúdo e embasamento que vão além da atuação, Christine apresentou o programa “Saia Justa”, no canal GNT, e comandou os quadros “Bolsa Redonda”, exibido no dominical “Esporte Espetacular”, e “Caras e Bocas”, no Vídeo Show, no qual convidava atrizes e transformava mulheres anônimas em celebridades globais.

Em 2015, a atriz interpretou Laura no filme “Bem Casados”, dirigido por Aluizio Abranches. Já em 2017, Christine também esteve nas telonas do cinema com o longa “My Hindu Friend”, do argentino Hector Babenco, dando vida à personagem Dra. Virgínia e contracenando ao lado do ator indicado ao Oscar, Willem Dafoe. Atuou recentemente no folhetim global “Orgulho e Paixão”, no qual interpretou Josephine, uma mulher considerada à frente do seu tempo por ter discursos empoderados para a época. Outro trabalho recente é o curta-metragem “Entre”, no qual contracenou ao lado de Rodrigo Simas, e que contou com direção de Bruno Gissoni.

O trabalho mais recente de Christine é a personagem Karina, em “Malhação – Toda Forma de Amar”, que descobre sobre a filha fora do casamento de seu marido, interpretado por Tato Gabos Mendes. Egoísta e com traços preconceituosos, a mulher terá de enfrentar as consequências dessa descoberta para a vida de sua família.

Além da novela, Christine pôde ser vista nos palcos brasileiros com a peça ‘Parabéns Sr. Presidente’, onde interpretava a aclamada soprano Maria Callas.