Giovanna Lancellotti

Voltar

Biografia

Com previsão de estreia de mais um filme e estando no ar em dois longas metragens, Giovanna é o nome do momento, além de ser uma das atrizes mais versáteis e engajadas da nova geração. Natural de Ribeirão Preto, ela acumula, no currículo, diversas passagens por variados formatos da dramaturgia.

Vinda de formação teatral, Giovanna, antes de atuar na tv, participou de peças e vídeo clipes. Seu primeiro papel nas novelas foi em “Insensato Coração”, onde o destaque de sua personagem lhe rendeu o prêmio de Melhor atriz Revelação no “Melhores do Ano”, do Faustão, entre outros. No ano seguinte, gravou a refilmagem de Gabriela, trama do consagrado autor Walcyr Carrasco, na qual interpretou uma prostituta, personagem marcante do famoso livro de Jorge Amado: Gabriela, Cravo e Canela.

Em 2013, fez a novela “Alto Astral”, onde deu vida à Bélgica, sua primeira vilã. No mesmo ano, rodou o longa “Entre Abelhas”, com Fábio Porchat. Com uma carreira em ascensão, também, no teatro, em 2014 encenou o espetáculo “Pequeno Dicionário Amoroso”, ao lado de Eri Johnson. A história girava em torno de uma questão sempre em pauta: o amor entre pessoas de diferentes idades. Ainda nas telinhas, em 2015, a atriz foi escalada para viver a hippie Luana, em “Regra do Jogo”, novela do horário nobre. No próximo ano, esteve na pele de Milena, no folhetim “Sol Nascente” e, também, gravou o book trailer do livro “Jantar Secreto”, sucesso do autor brasileiro Raphael Montes.

Além desses trabalhos, os filmes que Giovanna acumula, ao longo da carreira, reforçam sua intimidade com as telonas. No ano de 2017, interpretando a estagiária Priscilla, gravou o longa “Tudo Acaba em Festa”. Já em “Intimidade Entre Estranhos”, sua personagem era Karina e, em, “Incompatível”, deu vida à Thaís. Após gravar três longas, Giovanna embarca, em 2018, em mais um projeto: interpretar Babete em “Tudo Por Um Popstar”, trama que é uma adaptação do renomado livro de Thalita Rebouças. No mesmo ano, foi destaque em horário nobre ao interpretar Rochelle, uma vilã que caiu nas graças do público e trouxe emoções pelo enfretamento da Síndrome de Guillain-Barré.

E não para por aí. Giovanna foi convidada pelo Greenpeace a ser a Embaixadora dos Oceanos, sendo a única brasileira a ocupar o cargo. Sempre engajada na causa, ela dublou a animação “Jornada das Tartarugas”, produzida pela organização, na qual foi a única brasileira em um elenco que envolvia a talentos como David Harbour, Olivia Colman, Helen Mirren, Bella Ramsey, Jim Carter e Ahir Shah.

Sendo presença marcante na sétima arte, a atriz, atualmente, pode ser vista em “Eu Sou Mais Eu”, filme em que Giovanna é uma das principais, no longa estrangeiro “Wifi Ralph” em que a atriz dubla uma personagem de destaque na história, e fez uma participação na série “Shippados”, da Globoplay. Em 2020 é o ano da atriz no cinema! Ela lançou em abril o longa “Ricos de Amor”, da Netflix, sendo um de seus primeiros filmes como protagonista. O sucesso do projeto na plataforma foi tanto que após 3 semanas de lançamento ele se manteve no TOP10 de mais assistidos. Além disso, ela virá com os longas “Incompatível” e “Nada É Por Acaso”, obra da Zíbia Gasparetto.